home > Notícias

Notícias

Dia Internacional da Paz

23/9/2013 14:43:47

No último sábado, 21 de setembro de 2013, sacerdotes e membros de diversas denominações religiosas abraçaram o Monumento à Paz Mundial, criado pelo artista plástico Siron Franco durante a ECO-92, no Rio de Janeiro. A iniciativa da Comunidade Bahá’í promoveu um momento de oração e meditação para comemorar o Dia Internacional da Paz.

Para Inaê Estrela, representante da Comunidade Bahá'í do Brasil, a união entre as religiões pode ajudar a promover a paz mundial. “Precisamos melhorar nossa realidade local para que essa mudança comece a influenciar na realidade do mundo. As religiões tem um papel muito importante nesse processo e precisam se unir para promover as mudanças que a sociedade quer e precisa. Se essa união é possível, a paz poderá ser alcançada” ressaltou.

Maria das Graças de Oliveira, do Movimento Inter Religioso (MIR), destacou a importância do momento para lembrar que é possível viver em paz, ser feliz e solidário. “Temos que construir a sustentabilidade social e a paz verdadeira” disse.

O praticante de Umbanda Sebastião Mauro de Sá conta que ficou feliz em participar do evento. “Eu desconhecia essa data comemorativa, mas aceitei o convite. É muito importante interagir com os vários seguimentos religiosos”, concluiu.

Também estiveram presentes Prema Bhakh Das, representante Hare Khrisna, e Diogo Ribeiro, da União Wicca do Brasil.

 

Monumento à Paz

A obra em forma de ampulheta está localizada no Centro da cidade do Rio de Janeiro, próxima ao aeroporto Santos Dumont, e simboliza a unidade entre todos os povos da Terra. A citação do Fundador da Fé Bahá´í, Bahá'u'lláh: “a Terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos”, está gravada nas laterais da obra em quatro idiomas: português, inglês, chinês e uma língua indígena.


Início